Qual o benefício de ter um sistema integrado em outro?

Prazos de entrega, frete grátis, cupons de desconto, faturamento, entrada e saída de mercadorias, dados dos clientes, balanço de vendas, estoque. O que seria de um ecommerce sem a união de todas essas ferramentas?
9 de setembro de 2019 / Desenvolvimento

A integração de sistemas é o ponto mais importante quando se fala em lojas virtuais, isso porque essa integração permite que todos os sistemas do cliente estejam alinhados, facilitando a operação para a empresa e, principalmente melhorando a experiência do cliente.


Como funciona essa integração?


Para entender como a integração de sistemas funciona, primeiro precisamos compreender o que é ERP.

ERP é a sigla para Enterprise Resource Planning, ou, em português, Sistema Integrado de Gestão Empresarial, ou seja, aquele programa que toda empresa precisa ter responsável por armazenar e integrar todas as informações referentes aos processos fiscais, de vendas, contabilidade, logística, estoque, compras, produção, financeiro, dentre outros recursos. ERP é, em resumo, o software de gestão de uma empresa.    

Além dessas informações, a marca em questão também possui um ecommerce. No entanto, os dados provenientes da loja virtual não são enviados automaticamente para o sistema de gestão empresarial (ERP). A junção dessas informações só é possível por meio da integração de sistemas, em que o programador fará uma espécie de “ligação” entre um programa e outro permitindo que tudo que acontece no ecommerce vá direto para o ERP em tempo real. 

A empresa pode adquirir o sistema completo já integrado ou ter seu próprio ERP e integrá-lo ao ecommerce posteriormente. Cada software possui sua própria linguagem e a integração é capaz de traduzir esse programa para que ele seja compatível com todos os dados das demais plataformas digitais. É possível inclusive integrar o ERP tanto com a loja virtual quanto a todos os marketplaces da marca.


Quais são as vantagens?


São muitos os programas disponíveis para auxiliar na gestão de uma empresa com loja virtual. Se separarmos cada um, teremos um para financeiro, outro para expedição, outro para os dados do cliente, outro para a logística de entrega, outro para gerenciar o próprio site.

Você consegue imaginar a dificuldade - e confusões - que ter um sistema para cada coisa pode gerar? Mesmo que sua empresa tenha um sistema para gestão interna, e um separado para ecommerce, é importante que haja integração entre ambos, assim todas as informações de um são atualizadas automaticamente ao outro, agilizando processos, evitando conflitos em diversas áreas e, principalmente prejuízos.   


Rapidez no gerenciamento de dados.


Quando um produto novo é lançado você cadastra manualmente no ERP, certo? Imagine depois ter de cadastrar em cada marketplace, depois no ecommerce. Já pensou a quantidade de tempo e energia desnecessários gastos nesse processo? E se algum cliente fizer uma compra na loja virtual você vai precisar dar baixa manualmente no produto em cada uma das plataformas?

Com a integração esse processo acontecerá apenas uma vez, pois todas as informações são trocadas de forma automática entre os softwares. Então, a probabilidade de ocorrer algum erro digitando manualmente em apenas uma plataforma é muito reduzida.


Estoque sem furos.


Para quem tem lojas físicas essa vantagem é particularmente importante. O vendedor apresenta o produto, fecha a venda, olha no ERP e a peça está disponível em estoque, mas quando ele vai procurar não encontra. O mesmo para o consumidor online que realiza todo o processo de compra e quando vai finalizar o produto aparece como indisponível. 

Esse tipo de experiência negativa deixa o cliente insatisfeito, podendo até fazer com que ele não queira mais comprar da sua empresa. Integrar os sistemas impacta diretamente na fidelização e satisfação dos clientes.


Financeiro sem segredos.


Com a integração é possível mensurar todos os aspectos financeiros da empresa, calcular as taxas e tributos, valores de produto, frete, dentre outros. Todos os cálculos são feitos automaticamente facilitando a gestão financeira e melhorando a experiência do cliente. 

A ausência ou falha nessa integração entre sistemas pode gerar duplicação de dados e pedidos, furos no estoque, envio de pedidos trocados, dentre outras situações bastante complexas de se resolver e que podem gerar uma péssima experiência de compra para o consumidor.

Viu só como a integração é indispensável para a gestão e tomada de decisão de uma empresa? Se você ainda não tem a sua ou quer melhorar sua estratégia, fala com a gente (http://demacode.com.br/contato/). :)

Veja mais